Dom. May 19th, 2024

Construção de Quadras no Jardim Botânico.

Salvemos o Jardim Botânico

A construção das quadras continua na parcela D-2 da Urbanização La Granja, destinada à consolidação e desenvolvimento do Jardim Botânico.

Recentemente, como resultado do protesto dos Grupos Ecológicos do Município de Naguanagua, conseguiu-se paralisar os movimentos de terra que estavam sendo realizados nos terrenos do Jardim Botânico, que supostamente estavam destinados à construção das famosas Quadras de Pádel e dos quiosques de comida rápida (agora chamados de Centro Gastronômico), situação que a Prefeita Ana Gonzalez do Município de Naguanagua Carabobo Venezuela negou veementemente, alegando que no jardim nunca foi previsto tal Projeto, e que o que houve foi: “uma Limpeza de manutenção, que se excedeu”, ao remover com Movimentos de Terra e maquinário pesado, o perfil “A” do Solo e a Camada Vegetal de mais de 4 hectares, eliminando o Sub-bosque da Floresta Tropófila semidecídua que caracteriza o Jardim Botânico.

O caso é que, enquanto os defensores do Jardim Botânico protestavam contra o Desmatamento do Sub-bosque, as quadras foram transferidas para o outro extremo da Parcela D-2 destinada ao desenvolvimento do Jardim Botânico.

Em todos os Planos de Localização dos instrumentos jurídicos, relacionados com a ordenação territorial e urbanística, especificam-se os limites da superfície do terreno que corresponde ao Jardim Botânico.

Em todos eles, destaca-se que no setor ou terreno onde hoje se constroem as Quadras de Pádel, os mesmos fazem parte da parcela D-2 destinada ao desenvolvimento do Jardim Botânico.

Não satisfeitos com os danos à vegetação protegida pela figura do Jardim Botânico, agora a atual Prefeitura pretende retirar outro pedaço de terreno de forma ilegal, permitindo a construção das quadras, que serão administradas por interesses privados.

Diante dessas novas irregularidades promovidas e permitidas pelos órgãos competentes do Município de Naguanagua e pela Fundação Jardim Botânico de Naguanagua Venezuela, solicitamos a imediata paralisação das obras de construção das Quadras, que atualmente estão sendo executadas, violando toda a legislação ambiental e urbanística.

Também solicitamos uma investigação administrativa e penal para determinar as responsabilidades e sanções correspondentes.

José Manuel Pérez Hurtado C.I 7224214 Representante do Frente Ecológica Regional Aragua Carabobo Venezuela FERAC E membro da Controladoria Ambiental do Município de Naguanagua e do Jardim Botânico

Fuerza24

Related Post

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *